Comemorar é amar

Você já parou para pensar no significado das comemorações? Para muitos é a vontade de unir pessoas para compartilhar, conversar, rir e até chorar. 

Em nossa cultura comemoramos tudo, desde antes do nascimento quando descobrimos uma gravidez. Como também, comemoramos, o sexo do bebê, os aniversários, a inauguração de um sonho, a união de um casal, mas se pararmos para pensar mesmo, toda essa comemoração é sobre o Amor.

O amor de um casal, de um filho, de um sorriso de uma criança ao olhar para a mesa cheia de delícias, de uma profissão, da união, enfim, o significado, portanto das comemorações, é o Amor que existe dentro da gente e que se manifesta de muitas formas.

E numa época que nos isolamos socialmente percebemos o quanto é difícil ficar longe de quem se ama, sendo filhos ou pais, amigos ou familiares. 

É por isso que no mês de abril, a Azul Céu lança a sua mais nova caixa para felicitar o Amor em todas as suas etapas, onde a comemoração se dá apenas entre as moradores de um lar ou apenas entre duas pessoas. 

Para que nunca se perca o amor, e nunca se perca a esperança que tudo ficará bem.

Caixa do Amor

Descrição para a Caixa do Amor

1 unidade de arranjo de flores – aproximadamente 14 unidades de flores (incluindo galhos com flores) e folhagem;

1 unidade de arranjo menor – 5 unidades de flores (incluindo galhos com flores) e folhagem;

6 unidades de forminhas especiais;

4 unidades de saia de mini cupcake;

2 tags de doces;

1 topper de bolo;

1 unidade de cordão de bandeirola com 6 bandeirolas;

Caso queira, é possível incluir boleiras e doceiras da Papelão Joia. Para mais detalhes entre em nossa lojinha.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Azul Céu Design e Festas

Sou Andrea, designer a mais de 15 anos, mãe dos trigêmeos mais amados do mundo e fundadora da Azul Céu, design e festas. Incomodava tudo ser jogado no lixo após as festas. Então pensando também em nossa economia atual acabei transformando os produtos de decoração das festas em algo reutilizável. E surgiu a técnica com toda essa identidade de textura e cores. E que é impossível vê-las no lixo. Do papel à transformação – do Descartável para o Reutilizado. Das festinhas para o quartinho.

Banner
Categorias
Leia também

Festa da Bicharada

Festa Sonic do Rafael

Festa Samurai

Em meio a chuva de amor há sempre um arco íris

O mundo dos Unicórnios

Novidades