Calendário de Setembro/2021

Aqui no Brasil todo dia é dia de comemorar alguma coisa, né? Rsss! E no mês de setembro achei curioso saber que existia o Dia da Banana. E foi por isso que eu a escolhi como tema do mês de setembro.

É do Brasil, é deliciosa, e adorada pela maioria das crianças e adultos. E pode custar 500 mil reais! Dúvida?

Em uma exposição na Art Basel Miami Beach, em 2019, foi exposta uma obra de arte feita pelo artista italiano Maurizio Cattelanna na Mostra de Arte Contemporânea, uma banana colada na parede por uma fita adesiva. Veja abaixo a foto da obra de arte.

A obra foi vendida por $ 120 mil, quase R$ 500 mil na época. E no final foi comida por um visitante da mostra. Veja reportagem da época.

Na época, houve muita repercussão como campanhas publicitárias, selfies e memes. Não poderia deixar passar esse dia tão importante da nossa banana.

E Viva a Banana!

Veja calendários anteriores:

Calendário Setembro

Clique e baixe grátis o Calendário de Setembro/21

Calendário Agosto

Clique e baixe grátis o Calendário de Agosto/21

Calendário Julho

Clique e baixe grátis o Calendário de Julho/21

Calendário Junho

Clique e baixe grátis o Calendário de Junho/21

Calendário Maio

Clique e baixe grátis o Calendário de Maio/21

Calendário Abril

Clique e baixe grátis o Calendário de Abril/21

Calendário Março

Clique e baixe grátis o Calendário de Março/21

Calendário Fevereiro

Clique e baixe grátis o Calendário de Fevereiro/21

Calendário Janeiro

Clique e baixe grátis o Calendário de Janeiro/21



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Azul Céu Design e Festas

Sou Andrea, designer a mais de 15 anos, mãe dos trigêmeos mais amados do mundo e fundadora da Azul Céu, design e festas. Incomodava tudo ser jogado no lixo após as festas. Então pensando também em nossa economia atual acabei transformando os produtos de decoração das festas em algo reutilizável. E surgiu a técnica com toda essa identidade de textura e cores. E que é impossível vê-las no lixo. Do papel à transformação – do Descartável para o Reutilizado. Das festinhas para o quartinho.

Categorias
Leia também

Qual é o repertório está oferecendo ao seu filho (a)?

En Familia, de Olga Díos

Como unir cores diferentes e deixar a festa mais divertida

Como fazer as crianças dormirem tranquilas

Calendário de Outubro 2021

Novidades