Por que nós, artesãs, devemos nos preocupar com a Industria 4.0?

Foto tirada do filme: Eu, Robô.

Mas que diabos é Industria 4.0 ou 4ª Revolução Industrial? E o que um artesão, que faz tudo na mão tem a ver com isso?

É engraçado a abordagem da Revolução Industrial e o Artesanato, pois foi por causa dela que os artesãos da época perderam sua força por volta de 1760 a 1840, quando os processos de manufatura foram substituídos por produção com máquinas. Em outras palavras, a passagem da produção manual (artesanal) para produção em série. Com ela veio o crescimento da economia e a evolução para 2ª Revolução Industrial (+/-1870), ganhando mais força na economia e também na tecnologia com a ajuda da energia à vapor, usadas em navios, trens, fábricas, etc.. aumentando ainda mais a fabricação em larga escala dos produtos.

Após a Segunda Guerra Mundial, em meados do séc. XX, gradativamente a Terceira Revolução Industrial ou Revolução Informacional foi surgindo, correspondeu ao processo de inovações no campo da informática e suas aplicações nos campos da produção e do consumo, podendo-se afirmar até os dias de hoje, ou melhor, de ontem!

As revoluções foram caracterizadas por suas mudanças abruptas, incorporadas pelas tecnologias, com resultados nas mudanças econômicas, sociais e políticas. E é o que estamos vivendo hoje com a 4ª Revolução Industrial, onde cada vez mais dispositivos, equipamentos e objetos são conectados uns aos outros por meio da internet. Precisamos ficar atentos com as mudanças e aproveitar as tecnologias a nosso favor.

Muitas delas já estão no mercado, por exemplo, as formas de pagamentos sem precisar tirar o cartão ou o dinheiro do bolso como o “Sem Parar”, aplicativos de celular e relógios que pagam com maquininhas e até aplicativos como iti, do Itaú, que não precisa ter conta em banco.

Com as impressoras em 3D já é possível ver artesãs aproveitando para criar projetos únicos, apesar que na China casas já são construídas com ela.

Se você que saber mais sobre a 4ª Revolução 4.0 leia o livro de Klaus Schwab. Editora Edipro, 2016.

Fontes: Wikipedia, Brasil Escola e Uol

Para quem está buscando a sua tribo de artesãs empreendedoras vai adorar saber que acabamos de criar uma página no facebook que leva a uma comunidade: ARTESANATO EM MOVIMENTO.

O ARTESANATO EM MOVIMENTO é um lugar onde possamos nos ajudar mutuamente, com dúvidas dentro da área do artesanato, técnicas, dores de mercado, como também de empreendedorismo e negócio.

Venha com a gente porque lá temos orgulho de sermos artesãs.

Clique no link para entrar na página.
Clique no link para entrar na comunidade.
Clique no link para entrar no grupo de WhatsApp.

Esperamos você lá,

Andrea Tomotani e Érica Borgonovi



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Azul Céu Design e Festas

Sou Andrea, designer a mais de 15 anos, mãe dos trigêmeos mais amados do mundo e fundadora da Azul Céu, design e festas. Incomodava tudo ser jogado no lixo após as festas. Então pensando também em nossa economia atual acabei transformando os produtos de decoração das festas em algo reutilizável. E surgiu a técnica com toda essa identidade de textura e cores. E que é impossível vê-las no lixo. Do papel à transformação – do Descartável para o Reutilizado. Das festinhas para o quartinho.

Banner
Categorias
Recent Posts

Live – Eu posso LUCRAR com PARCERIA dentro da área de artesanato?

Inspire-se com a Festinha de Cordel do Theo

Como sua criatividade pode trazer dinheiro com artesanato?

A importância do desenvolvimento da CRIATIVIDADE

Workshop Boneco Paper com Crumpled Paper

Novidades